O Protocolo Arkis

“Esse mundo, é um mundo de maravilhas. Dentre todas a maior delas é a espécie humana. Nunca cesso de me espantar; é simplesmente fabuloso aquilo de que seu povo é capaz. Não em escala, ou como indivíduos. Nesse quesito há poucos que se equiparam a meu povo. Mas enquanto povo, é simplesmente assustadora a capacidade que vocês têm de superação. Enquanto povo não há nada que os Arkeontes jamais tenham feito que se equipare a seus feitos. Humanidade é, de fato, uma raça de maravilhas. Ainda assim vocês ingênuos e egocêntricos. Ainda assim vocês despertam dia após dia e sequer imaginam o quão próximo da beira do abismo vocês estão. Pois há forças que se escondem além da própria escuridão. Antigos males que precedem a tudo aquilo que vocês conhecem. Atos de odiosa e indescritível vilania que devem ser severamente punidos. Poderes que se permanecem escondidos mas que se decidissem por se reerguer, tudo aquilo que a humanidade poderia encarar seria a longa queda e o vazio para além da borda do abismo.”

Hamurabi, o Legislador

Arkis: Justiça Suprema

ragafox cakivis HouseWayne rafaelbbatista d_real_one